Category Archives: Monitor Viagem

Monitor Viagem: Especial Canadá – Montreal

Bom dia viajantes! Que tal pegar suas mochilas e conhecer mais um pouco do Canadá? Nosso destino agora é uma cidade com influência francesa, um toque de inglês e muito charme por todos os lados. Estamos falando de “la belle Montreal”, localizada na província de Quebec!

Montreal foi, a princípio, colonizada pela França, o que explica porque, hoje, é a segunda maior cidade francófona do mundo, ficando apenas atrás de Paris. Em 1760, durante a guerra Franco-Indígena, passou para o controle britânico, e desde então abriga também uma pequena parcela da sociedade anglófona, tornando-se uma cidade com influência de ambas culturas.

Além das influências francesa e inglesa, Montreal também possui pequenas parcelas de outras culturas. Há um número considerável de árabes na cidade, e devido à presença de uma pequena minoria chinesa, há uma Chinatown em Montreal também.

Dentre as atrações turísticas, temos:

Museu Redpath

Este museu é extremamente famoso em terras canadenses. Extensão da Universidade MacGill, o Redpath é referência quando se trata de exposição e pesquisa na área de Etnologia, Paleontologia, Geologia e Biologia. Foi construído por Peter Redpath, em 1882.

Cidade dos Santos

Montreal é conhecida por seu enorme número de igrejas católicas. Dentre as muitas igrejas belamente construídas, temos a Basílica de Notre Dame canadense e o Oratório de São José (este sendo a basílica com o segundo maior domo/cúpula do mundo, perdendo apenas para a Basílica de São Pedro, em Roma).

Place Ville Marie

Com 188 metros de altura, abriga o maior centro comercial subterrâneo do mundo. O shopping deste prédio, totalmente subterrâneo, é o maior do mundo, com mais de 1600 lojas.

Vieux Montréal (Velho Montreal)

É conhecido como o centro histórico da cidade de Montreal. É onde se localiza o antigo Porto da cidade, a Catedral de Notre Dame e o edifício Jacques-Cartier.

Parque Monte Royal

Parque urbano da cidade onde ocorre, todo verão, o festival Tam Tam. No parque, fica a colina Monte Royal, e nos domingos do verão, habitantes locais se reúnem ao é da colina, para fazer danças sincronizadas.

Boulevard Saint-Laurent

Uma das ruas mais conhecidas de Montreal. Para representar as diversas etnias reunidas em Montreal, esta rua abriga os mais diversos tipos de restaurantes. Temos restaurantes portugueses,  gregos,  judaicos,  russos,  ucranianos  e latino-americanos. A rua também cruza a região italiana de Montreal, conhecida como “Pequena Itália”.

Estádio Olímpico

Montreal foi sede das Olimpíadas em 1976. Nele, além das instalações esportivas, há a torre inclinada mais alta do mundo, com cerca de 170 metros de altura.

Há muitas atrações interessantes na boa e velha Montreal. Caso seja seu desejo conhecê-las, que tal viajar com o Monitor Intercâmbio? Um guia turístico estará lhe acompanhando, e você pode conhecer todas essas atrações com calma e segurança.

Para fazer um orçamento, basta entrar no site http://www.monitorintercambio.com.br e se informar!

Na semana que vem, vamos conhecer mais uma cidade deste lindo país que é o Canadá. Não percam, porque vamos para Toronto!

Até lá.

Leave a Comment

Filed under Monitor Viagem

Monitor Viagem – Especial Canadá: Ottawa

Olá viajantes! Já prepararam suas malas? Porque o destino hoje, no especial Canadá, é exatamente a capital do país. Sim, vamos conhecer Ottawa.

A cidade de Ottawa tem aproximadamente 815 mil habitantes, e fica na província de Ontário – sim, a mesma que vimos semana passada, onde se encontram as Cataratas do Niágara. Localiza-se entre duas grandes e famosas cidades canadenses: Toronto (de colonização inglesa) e Montreal (de colonização francesa).

Aliás, você sabe por que nenhuma dessas cidades virou capital, mesmo sendo muito maiores do que Ottawa? Exatamente por serem muito maiores! Em 1857, quando o Canadá ainda era de possessão inglesa, havia uma ferrenha disputa entre as duas cidades. Para não desapontar nenhum dos lados, a Rainha Vitória decidiu que nenhuma delas seria capital, mas sim a pequena Ottawa, que ficava entre elas. Desde então, todo o sistema político e econômico do Canadá se concentrou nesta charmosa cidade.

Apesar de não ser o principal destino turístico de quem visita o Canadá, Ottawa oferece muitas atrações a seus visitantes. A primeira é o prédio do Parlamento Canadense. Visivelmente inspirado no Parlamento Inglês, o Parlamento Canadense também possui uma torre do relógio (como o Big Ben). Além disso, nos dias do verão, soldados com a típica roupa vermelha da guarda da rainha fazem a troca da guarda, e todos os visitantes podem ver.

(Você sabia que o Canadá é um país parlamentarista, e o chefe de estado é a Rainha Elisabeth II? Sim, assim como na Inglaterra! Só que em terras americanas)

Se você quiser visitar o interior do prédio do Parlamento, também é possível. Há visitas com guia turístico, e você pode visitar os três prédios do parlamento: a House of Commons (“Casa dos Comuns”, destinada a deputados), “Hall of Honor” (“Salão de Honra”) e o Senado Canadense. Também há a Peace Tower (“Torre da Paz”).

Depois do Parlamento, a principal atração é o Rio Ottawa. É o maior da cidade, e nele tem dois tipos diferentes de atração. No verão, você pode adentrar num barco (com direito a refeição a bordo) e navegar pelo rio, visitando os principais pontos turísticos da cidade. No inverno, ele congela totalmente, então todos podem patinar no gelo.

Para quem pretende fazer compras, Ottawa oferece o By Ward Market, o mais antigo mercado de produtos canadenses do país. Próximo do mercado, temos ainda o Canadian Museum of Civilization (Museu Canadense da Civilização), que conta a história do Canadá desde tempos antes de Colombo pisar em terras americanas

Em maio, Ottawa é palco de um dos eventos mais famosos do Canadá: o festival das Tulipas! Durante a segunda guerra mundial, a família real da Holanda se refugiou no Canadá, e graças a isso a Princesa Juliana nasceu em Ottawa. Como forma de agradecimento pelo abrigo, a própria princesa, assim que retornou à Holanda, ofereceu ao Canadá dez mil tulipas. Desde então, o festival acontece em homenagem a esse acontecimento.

Ottawa é uma linda cidade! Se ficou curioso para saber mais, que tal uma visitinha junto com o Monitor Intercâmbio? Faça um orçamento conosco, pelo site http://www.monitorintercambio.com.br/ e com certeza Ottawa estará em seu destino.

Semana que vem, arrumem suas malas que iremos para a “la belle Montreal”. Não percam!

Leave a Comment

Filed under Monitor Viagem

Monitor Viagem: Especial Canadá – Niagara Falls, Ontário

Bom dia, viajantes! Passaram muito calor esta semana? No nosso país, os estados sofreram muito com o calor excessivo. Quando isso acontece, tudo que mais desejamos é poder se jogar na piscina, ou mesmo numa grande queda d’água.

Então, essa dica vai para você, que quer se refrescar nestes tempos de calor. Que tal uma visita ao um dos lugares mais refrescantes do mundo? Estamos falando das Cataratas do Niágara.

Queda Canadense das Cataratas, também conhecida como Queda da Ferradura

As cataratas do Niágara continuam sendo um forte ponto turístico na América do Norte. Mas o que poucos sabem é que esta beleza de lugar não se encontra somente em território estadunidense. Parte das cataratas faz fronteira com o Canadá, mais especificamente com a província de Ontário, uma das mais importantes do país. Ontário é a província onde se localizam as cidades de Toronto e Ottawa, a capital do Canadá.

A história

As cataratas do Niágara (em inglês, Niagara Falls), foram descobertas em território canadense aproximadamente em 1604. Apesar de não terem nenhum fato concreto que dê certeza, o mais provável que o primeiro explorador europeu a visitar as cataratas tenha sido o francês Samuel de Champlain.

Em 1848, foi construída a primeira ponte que cruzava as cataratas. Após ela, outras três foram instalas, e a que se encontra hoje lá, a Ponte Rainbow, é feita totalmente de aço, e permite a passagem de pedestres e veículos.
As cataratas também ajudam no fornecimento de energia elétrica ao país. Uma grande hidrelétrica foi instalada no local, após a Segunda Guerra Mundial, aproveitando o potencial natural do lugar, já que as quedas canadenses são largas e poderosas.

O que tem de interessante?

As cataratas do Niágara são, por si só, uma beleza natural. Quatro largas e compridas cachoeiras, sendo que uma delas, a canadense, é a mais famosa. É chamada de “Queda da Ferradura”.

A Queda da Ferradura é palco de um belo espetáculo natural: a cachoeira, com sua velocidade, cria uma espécie de fumaça (resultado do violento choque entre a água da cachoeira e a água do lago Ontário), que se espalha por toda a região do lago. No inverno, a água das cataratas congela, e um belo cenário de gelo pode ser visto. À noite, luzes de LED iluminam o local, tornando-o visível na escuridão. A água reflete a luz, e toda a cachoeira fica iluminada.

Além da própria catarata em si, os visitantes também podem visitar o Queen Victoria Park (Parque Rainha Vitória), jardim construído para que os turistas pudessem ver as cataratas de perto. Também temos os caminhos subterrâneos do parque, que levam os viajantes a conhecer as cataratas por dentro, tendo a sensação de que estão dentro das águas.

E como posso conhecer?

É simples. Basta visitar a região de Ontário com o Monitor Intercâmbio! Você conhece essas e outras paisagens lindas, e ainda por cima pode estudar a língua inglesa! Basta acessar o site do Monitor Intercâmbio (www.monitorintercâmbio.com.br), falar com um de nossos atendentes e fazer um orçamento.

Semana que vem continuaremos falando do Canadá. Próximo destino: Ottawa!

Leave a Comment

Filed under Monitor Viagem